Descer do salto alto nem pensar – sigam as dicas

    1596

    Todas as mulheres (há sempre aquelas que são a todo o terreno) sofrem um bocadinho com os saltos altos. Chegamos ao fim do dia e as dores são terríveis. Eu confesso que adoro saltos altos mas sou alta e não me sinto muito bem, mas quando uso saltos gosto deles bem altos. Quando chego ao fim da noite já não me aguento neles. Vi algumas dicas e já coloco em prática e resultam. Ora vejam:

    1 – Muito tempo em pé e parada? Coloque um pé à frente do outro: esta posição permite distribuir melhor o peso do corpo e garante que os joelhos ficam esticados. Assim, aquela dor incomodativa vai demorar mais a chegar e vai apresentar uma boa postura e uma figura esbelta.

    2 – Escolha o tamanho do salto de acordo com o ritmo da ocasião: aposte em saltos altos e finos somente se tiver tempo para estar quieta, ou seja, se não for andar muito ou se não estiver muito tempo de pé. Quanto mais parada estiver, maior pode ser o salto.

    3 – Não torture os seus pés, faça uso de palmilhas de silicone: o pé não escorrega para a frente, não transpira tanto e ainda fica mais confortável. Este tipo de palmilhas permite que, mesmo depois de algumas horas em cima do salto, os pés continuem aliviados.

    4 – Aproveite o final da tarde para comprar o tão desejado par de sapatos: a melhor hora para comprar uns sapatos (de salto ou não) é ao fim do dia, pois os pés tendem a inchar. Aproveite também para dar uns pulinhos com eles calçados, assim garante que não estão largos e que não vai passar o tempo todo a perdê-los.

    5 – Postura… o segredo para fazer dos saltos altos os seus maiores aliados:joelhos esticados e andar recto, mantendo sempre os pés paralelos durante o andamento são regras essenciais. Deixe de lado o famoso cruzar de pernas, típico das passerelles, e garanta a postura e o equilíbrio, fazendo com que o peso do seu corpo recaia sobre os saltos.

    6 – Procure sapatos com mais apoio no centro do pé: muitos dos saltos altos pecam por não ter um centro bem estruturado, o que leva a que o pé não fique bem apoiado. Quando experimentar os sapatos, certifique-se de que o seu pé fica bem sustentado. Assim garante que o peso do seu corpo não recaia todo na parte da frente.

    7 – Mime os seus pés: não deixe que calos ou joanetes tomem conta deles, pois podem ser uma verdadeira dor de cabeça. Faça massagens com um pouco de creme – ou melhor ainda: peça ao seu companheiro que o faça –  sobretudo quando usar saltos acima dos 7 centímetros. No verão aposte em sandálias abertas, pois deixam respirar o pé e evitam mais as infeções por fungos.

    8 – Mude de salto como quem muda de camisa: sim, deve variar. Não ande a semana toda com os mesmos sapatos. Se é fã de saltos altos e não vive sem eles, então vá alternando os vários estilos existentes. Assim terá dias em que os seus pés conseguem descansar um pouco.

    9 – Tenha atenção onde vai pisar: não queira correr o risco de ficar com o salto enterrado na areia ou na relva durante um casamento… ou até ficar com ele preso no meio da calçada. Antes de escolher o salto para onde vai subir, deve ter em atenção a superfície onde vai estar.

    10 – Sapatos novos? Dê-lhes um tratamento de choque: para não correr o risco de ficar com os pés feridos coloque um pouco de vaselina ou creme gordo no pé e também nos locais mais duros do sapato (por ex. calcanhar). Assim vai evitar as famosas e dolorosas bolhas.

    11 – Testar e praticar em casa é fundamental: após a compra, calce os sapatos em casa e caminhe com eles. Deve praticar o mais possível, tanto para os sapatos se adaptarem à forma do seu pé, como para que você mesma ganhe confiança quando for para a rua com eles. Aproveite ainda para subir e descer escadas e andar sobre os mais diversos pisos, como em cima de tapetes, de relva ou de um chão mais escorregadio.

    12 – Ande em bicos de pés… mas bem apoiada no salto: o salto deve ser a primeira coisa a aterrar no chão. Não pise a superfície (seja ela qual for) nem com o pé todo de uma vez, nem somente com a parte da frente do pé (os dedos), assim estará a forçar apenas os dedos, não permitindo uma boa distribuição do peso. Afinal o salto é o pilar principal, existindo precisamente para assegurar que o pé está bem apoiado.

    (dicas: activa)

    As dicas de algumas famosas.

    dicas-girls-allison-william-naomi-watts-nicole-kidman-salma-hayek-famosas-designers-salto-alto-modices

    Os designers são mais durinhos, então o senhor todo poderoso das solas vermelhas deve pensar que as mulheres são masoquistas.  salto-alto-dicas-designers-christian-louboutin-Giuseppe-zanotti-modices-

    Novidades

    Comentarios

    Newchic Women Plus Size Tops